Você está aqui: Página Inicial > Adm. Indireta > PROCON > Notícias > Procon-PB informa aos consumidores da nova medida de pagamentos de boletos que começou a funcionar em todo Brasil

Notícias

Procon-PB informa aos consumidores da nova medida de pagamentos de boletos que começou a funcionar em todo Brasil

Direitos do Consumidor

Os boletos de contas vencidas podem ser pagos em qualquer agência bancária, casas lotéricas e internet banking. A mudança é resultado de uma atualização tecnológica dos bancos.

A nova plataforma de cobrança do boleto bancário vai permitir a identificação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) do pagador, o que facilitará o rastreamento de pagamentos.

Com o novo sistema, o boleto, mesmo vencido, poderá ser pago em qualquer banco. Além disso, o cálculo de juros e multa do boleto atrasado será feito automaticamente, o que reduzirá a necessidade de ir a um guichê de caixa e eliminará a possibilidade de erros no cálculo.

Tudo isso será possível devido a um novo sistema de liquidação e compensação para os boletos bancários criado pela Febraban em parceria com a rede bancária. O novo mecanismo deve ainda reduzir inconsistências de dados, evitar pagamento em duplicidade e permitir a identificação do CPF do pagador, facilitando o rastreamento de pagamentos e evitando fraudes.

Para isso a Febraban alerta ainda que o consumidor que esteja cadastrado no ( DDA )- Débito Direto Autorizado deverá informar seu CPF/CNPJ para empresa emissora do boleto e caso o pagador não esteja cadastrado no ( DDA ), este continuará a receber o boleto físico que vai continuar existindo. Os clientes que operam na modalidade sem registro serão contatados pelo banco de relacionamento para fazerem o registro de seus boletos.

O diretor adjunto de Operações da Febraban, Walter Tadeu disse que no país, são pagos cerca de 3,5 bilhões de boletos bancários de venda de produtos ou serviços. Ele explicou que as informações de todos os boletos emitidos pelos bancos, que obrigatoriamente devem constar (CPF ou CNPJ do emissor, data de vencimento, valor, nome e número do CPF ou CNPJ do pagador) vão continuar, além da permanência de um código de barras e estarão nessa nova plataforma única, criada pela federação em parceria com a rede bancária que vem sendo desenvolvida desde o ano passado.

Em razão do auto índice de fraudes em boletos, essa medida vai evitar que quadrilhas enviem boletos falsos às casas, que acabam sendo pagos como se fossem verdadeiros, gerando prejuízos. Da mesma forma como os casos de sites maliciosos que emitem ”segundas vias” com informações fraudulentas, além de vírus instalados em computadores” disse Walter.

A superintendente da Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba Késsia Liliana disse quea nova plataforma vai reduzir fraudes na emissão de boletos de condomínios, escolas e seguradoras, dentre outros organismos e com essa medida agora o sistema vai modernizar e oferecer mais segurança e agilidade para os consumidores” finalizou Késsia.

Cronograma - A implantação da nova plataforma continua desde o dia 10 de julho, para boletos acima de R$ 50 mil; a partir de 11 de setembro, superior a R$ 2 mil; 13 de novembro, acima de R$ 200; e em 11 de dezembro, todos os boletos. Segundo o diretor adjunto, esse cronograma é necessário para evitar falhas no sistema.

Fique esperto:

  • Ao quitar o boleto, o próprio sistema verificará as informações;

  • Se os dados do boleto coincidirem com os da plataforma, a operação é validada;

  • Caso haja divergência nas informações, o pagamento só poderá ser feito no banco de origem da operação;

Voltar para o topo
Plataforma Padrão CODATA de Portais
Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone